sexta, 28 de abril de 2017 | TRANSPARÊNCIA FISCAL | E-SIC |
22/02/2016

Combarter o Aedes aegypti é um dever de todos


Veja como erradicar o Aedes aegypti e todos os seus possíveis criadouros




No final do ano passado, com o aumento do registro de casos das doenças transmitidas pelo mosquito ,Aedes aegypti ,e suas complicações, o Ministério da Saúde decretou Situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e a presidenta Dilma Rousseff lançou o Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia com medidas emergenciais que estão sendo colocadas em prática para intensificar as ações de combate ao mosquito. Todos os órgãos federais estão mobilizados para atuar conjuntamente neste enfrentamento, que conta também com a participação dos governos estaduais e municipais.

Para erradicar o ,Aedes aegypti ,e todos os seus possíveis criadouros, o Ministério da Saúde recomenda à população a adoção rotineira de medidas simples para ,eliminar recipientes que possam acumular água parada. Quinze minutos de vistoria são suficientes para manter o ambiente limpo. Pratinhos com vasos de planta, lixeiras, baldes, ralos, calhas, garrafas, pneus e até brinquedos podem ser vilões e servir de criadouros para as larvas do mosquito. Outras iniciativas de proteção individual também podem complementar a prevenção das doenças, como o uso de repelentes e inseticidas para o ambiente.

Fonte: Ministério da Saúde

+ Ciência e Saúde




© Prefeitura Municipal de Lucena/PB 2017, Todos os direitos reservados